Triorganizada | Por que organizar parece ser tão difícil?
Você já deve ter começado a organizar alguma coisa na sua casa e logo desistiu... Por que isso acontece?
organizar, como organizar, personal organizer, por onde começar a organizar
15964
post-template-default,single,single-post,postid-15964,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-9.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Por que organizar parece ser tão difícil?

Você já deve ter começado a organizar alguma coisa na sua casa e logo desistiu… ou ficou tanto tempo analisando poucos itens que não foi possível organizar quase nada… ainda faltou muito! Nessas horas, você logo pensa que não sabe como organizar e desiste!

Mas, o problema pode estar no fato de que você começou a organizar pelo mais difícil: pelos objetos de valor sentimental!

Muitas pessoas têm dificuldade em se desapegar. Seja porque acredita que um dia pode precisar, ou seja porque pagou caro, ou porque é um objeto raro, difícil de encontrar, ou ainda, o mais complicado, porque tem um alto valor sentimental…

Quando tratamos das nossas emoções, um simples objeto pode significar muito… lembrança de um amigo ou parente, dos filhos (que já cresceram), dos familiares que já se foram, das épocas boas vividas… enfim, um simples objeto, ainda que esteja guardado há anos sem ser visto, pode nos fazer recordar de toda a nossa vida e até mesmo nos fazer refletir sobre quem somos, o que nos tornamos, por onde passamos.

Nessas horas, o tempo realmente para! Na verdade, o que para é a nossa vontade de continuar organizando…e tudo o que queremos é que o tempo volte atrás…

Então, vem a pergunta: como nos livrarmos de objetos tão importantes, tão significativos? Como decidir rapidamente o que devo guardar e o que devo descartar? Realmente, a decisão nessas horas não é tão simples e rápida como gostaríamos que fosse…

Por isso, é preciso começar a organização com itens de menor importância!

Comece pelas roupas, sapatos e acessórios, pela cozinha ou banheiro, pelos livros. Algumas pessoas podem ter um grande apego emocional aos livros. Nesse caso, inclua-os nos itens de “valor sentimental” e deixe-os por último. Mas, quando for decidir, a minha sugestão é que não abra os livros para ler!!! Apenas olhe a capa e decida: fica ou não fica? Se for reler livros, coleção de revistas, gibis, a sua organização nunca irá ter fim! Reserve um dia – depois de concluída a organização – para rever e reler os livros.

Então, para a sua organização ter sucesso, deixe por último os objetos de apego emocional, como as fotografias, cartas, presentes, lembrancinhas e herança. Esses itens são tão especiais, que dedicarei um post exclusivo só para eles!

triorganizada
fabiana@triorganizada.com.br

Fabiana Machado.
Consultora em organização.